EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Primeiro-ministro britânico revela que cancro do rei Carlos III foi "detetado cedo"

Primeiro-ministro britânico revela que cancro do rei Carlos III foi "detetado cedo"
Primeiro-ministro britânico revela que cancro do rei Carlos III foi "detetado cedo" Direitos de autor Aaron Chown/PA
Direitos de autor Aaron Chown/PA
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O cancro do rei Carlos III, cujo tipo ainda não foi revelado, foi diagnosticado durante um tratamento à próstata. No entanto, o Palácio de Buckingham indica que nada tem a ver com esta.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, revelou esta terça-feira, que o cancro do rei Carlos III foi “diagnosticado cedo”, embora tenha confessado que ficou “chocado e triste” com a notícia. O tipo de cancro do rei de Inglaterra ainda não foi revelado. 

Rishi Sunak referiu ainda, citado pelas agências internacionais, que tem estado em contacto com o monarca desde o diagnóstico e que a comunicação entre ambos prosseguirá normalmente.

O rei foi diagnosticado com a doença durante um tratamento recente à próstata, mas o Palácio de Buckingham informou que os dois problemas não estão relacionados.

Também os especialistas afirmam que o facto da doença ter sido detetata precocemente foi “muito importante”.

"Durante o exame da pélvis também são examinados outros órgãos, ou podem ter sido efetuados alguns testes pré-operatórios. Mas o mais importante é que parece que ele não tinha quaisquer sintomas deste cancro. Por isso, foi detetado precocemente”, esclareceu a oncologista Patricia Price, em declarações à Euronews.

O anúncio da doença de Carlos III, de 75 anos, foi feito pelo Palácio de Buckingham na segunda-feira, tendo sido também revelado que o rei já iniciou tratamento.

O monarca, que subiu ao trono após a morte da mãe, a rainha Isabel II,  foi aconselhado a afastar-se temporariamente dos compromissos públicos. Alguns destes vão ser assumidos pela rainha Camilla e pelo herdeiro de Carlos, o príncipe William. Já o príncipe Harry deverá viajar dos Estados Unidos para visitar o pai nos próximos dias, de acordo com as agências internacionais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes europeus felicitam rei Carlos III

Eleitores britânicos vão escolher um novo governo esta quinta-feira

Eleições no Reino Unido: Partido Trabalhista quer acabar com o plano de Ruanda