Zelenskyy condecora antigo chefe das Forças Armadas ucranianas com o título de "Herói da Ucrânia"

Zelenskyy condecorou Zaluzhnyi numa cerimónia em Kiev esta sexta-feira
Zelenskyy condecorou Zaluzhnyi numa cerimónia em Kiev esta sexta-feira Direitos de autor AP/Ukrainian Presidential Press Office
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente da Ucrânia condecorou o antigo comandante das Forças Armadas ucranianas com o título de "Herói da Ucrânia". Volodymyr Zelenskyy demitiu Valery Zaluzhnyi do cargo na quinta-feira.

PUBLICIDADE

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, condecorou o General Valerii Zaluzhnyi com o título de "Herói da Ucrânia".

Segundo uma nota da presidência ucraniana divulgada esta sexta-feira, o chefe de Estado da Ucrânia condecorou o antigo comandante das Forças Armadas numa cerimónia em Kiev, um dia depois de o demitir do cargo.

Zelenskyy justificou a condecoração com os "méritos pessoais" de Zaluzhnyi "na proteção da soberania e da integridade territorial da Ucrânia".

O novo chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia, o coronel-general Oleksandr Syrskyi, apelou ao aperfeiçoamento dos meios militares para ganhar a guerra com a Rússia, na primeira mensagem pública desde que foi nomeado.

Em particular, traçou como objetivos imediatos a rotatividade de tropas na linha da frente dos combates e a aposta em novas tecnologias no que se refere a armamento.

"Só mudando e aperfeiçoando continuamente os meios e os métodos de guerra é que seremos bem-sucedidos", escreveu no Telegram.

De acordo com autoridades, houve combates intensos nas últimas horas, incluindo 49 ataques aéreos, 52 ataques de mísseis a posições das tropas ucranianas e a áreas povoadas.

Um ataque aéreo em Sumy, no norte da Ucrânia junto à fronteira com a Rússia, resultou na morte de pelo menos dois civis. Outras quatro pessoas ficaram feridas. Há ainda uma mulher desaparecida nos escombros de um edíficio residencial que foi atingido. 

Segundo o gabinete do procurador regional, foram ainda atingidos vários prédios residenciais, um terreno agrícola e um armazém.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mudança de liderança nas Forças Armadas divide ucranianos

Putin: EUA "têm de parar de fornecer armas" à Ucrânia

Zelenskyy demite comandante das Forças Armadas da Ucrânia