EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Novo naufrágio perto de Tenerife faz pelo menos 5 mortos. 68 migrantes foram resgatados com vida

Novo naufrágio perto de Tenerife faz pelo menos 5 mortos. 68 migrantes foram resgatados com vida
Novo naufrágio perto de Tenerife faz pelo menos 5 mortos. 68 migrantes foram resgatados com vida Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As autoridades espanholas conseguiram resgatar 68 migrantes, mas encontraram 5 já sem vida. Este é o terceiro naufrágio no Mar Mediterrâneo no espaço de uma semana.

PUBLICIDADE

Um navio de cruzeiro resgatou 68 imigrantes e encontrou cinco corpos num bote de madeira que estava à deriva ao largo das Ilhas Canárias, no oceano Atlântico, informou a agência de salvamento marítimo de Espanha na quinta-feira.

De acordo com a mesma fonte, um petroleiro que viajava do norte de Espanha para o Brasil avistou o barco à deriva, na tarde de quarta-feira, a cerca de 440 milhas náuticas [cerca de 815 quilómetros] a sul de Tenerife, uma das sete ilhas do arquipélago das Canárias.

As autoridades espanholas conseguiram também recuperar, com o auxílio do navio de cruzeiro Insignia, três dos cinco corpos que se encontravam no bote, mas deixaram os corpos de duas pessoas no mar devido ao mau tempo que estava a dificultar a recuperação.

A agência de salvamento espanhola enviou um comunicado onde refere que o Insignia deve chegar na sexta-feira ao porto de Santa Cruz, em Tenerife.

Barcos repletos de migrantes, que partem do noroeste de África, chegam frequentemente a Tenerife. O Ministério do Interior de Espanha informou que um número recorde de 55.618 imigrantes chegou de barco ao país, e principalmente às Ilhas Canárias, no ano passado. Só este ano, mais de 23.000 migrantes desembarcaram em Espanha, segundo a mesma fonte.

A organização espanhola sem fins lucrativos Caminãndo Fronteras afirmou que mais de 5.000 migrantes morreram entre janeiro e maio deste ano quando tentavam chegar às costas espanholas, a maioria deles na rota do Atlântico. Já em 2023, 6.600 migrantes morreram nestas condições ao tentarem chegar a Espanha de barco, mais do dobro do número de mortes de 2022.

Três barcos naufragaram no Mediterrâneo em uma semana

Este é já o terceiro incidente no Mediterrâneo no período de uma semana, depois de dois naufrágios terem ocorrido ao largo da costa sul de Itália. Pelo menos 11 migrantes morreram e dezenas estão desaparecidos, de acordo com a agência das Nações Unidas, citada pela AP.

Na segunda-feira, um barco que transportava migrantes incendiou-se a 200 quilómetros da costa da Calábria; perto da ilha de Lampedusa, foi detetada também esta semana uma outra embarcação, que parecia ter naufragado, e que transportava 61 pessoas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Naufrágios no sul de Itália fazem pelo menos 11 mortos e dezenas de desaparecidos

Pelo menos 85 migrantes resgatados no Canal da Mancha perto de Dover

Tragédia dupla no mediterrâneo: naufrágio de dois barcos de migrantes faz 12 mortes