EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

França abranda crescimento económico no fecho de 2015, Espanha estabiliza

França abranda crescimento económico no fecho de 2015, Espanha estabiliza
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A França abrandou o crescimento económico no final do ano passado, enquanto a vizinha Espanha estabilizou a progressão ao longo de 2015, embora, uma

PUBLICIDADE

A França abrandou o crescimento económico no final do ano passado, enquanto a vizinha Espanha estabilizou a progressão ao longo de 2015, embora, uma décima abaixo das previsões (3,3 por cento) do governo de Mariano Rajoy.

Afetada pelos atentados terroristas, sobretudo os de novembro, a França registou um crescimento económico de 1,1 ao longo do ano passado, com o abrandamento a fazer-se sentir em particular no último trimestre. É verdade que o investimento acelerou entre outubro e dezembro para os 0,8 por cento depois dos 0,1 por cento do trimestre anterior, mas no mesmo derradeiro período do ano o consumo francês registou uma quebra de 0,4 por cento após a subida homóloga entre julho e setembro.

Au 4è trimestre 2015 le #PIB progresse de 0,2 %, ce qui porte sa #croissance sur l'ensemble de l'année à +1,1 % https://t.co/I72oMt1Odw

— Insee (@InseeFr) 29 janeiro 2016

Em Espanha, estima-se que o ano tenha fechado com um crescimento económico de 3,2 por cento, com o PIB a subir 0,8 por cento. A taxa de crescimento manteve-se similar ao longo do ano, refletindo uma melhoria nos três derradeiros trimestres de 3,5 por cento face ao mesmo período de 2014.

A estimativa revelada pelo Instituto de Estatística espanhol coincide com os dados revelados em dezembro pelo Banco de Espanha, nos quais a manutenção do poder de consumo das famílias espanholas teria sido determinante para o crescimento económico do país. Em especial, devido à redução do desemprego e ao impacto nos combustíveis da baixa nos preços do petróleo.

El crecimiento en volumen del PIB en el conjunto del año 2015 se estima en un 3,2% #economía#INEpic.twitter.com/JPD0W7kC29

— INE España (@es_INE) 29 janeiro 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?

Banco Central Europeu corta taxas de juro em linha com as expetativas do mercado

Riqueza das nações: o fosso cada vez maior entre ricos e pobres na Europa