EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Grécia: Recessão prolonga-se, mas Tsipras estima terem virado a página

Grécia: Recessão prolonga-se, mas Tsipras estima terem virado a página
Direitos de autor 
De  Patricia Cardoso com Reuters, AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dois mil e dezasseis foi o oitavo ano consecutivo de recessão na Grécia.

PUBLICIDADE

Dois mil e dezasseis foi o oitavo ano consecutivo de recessão na Grécia.

As previsões apontavam para um crescimento, mas segundo o gabinete helénico de estatísticas, no conjunto do ano, a economia contraiu uma décima. Para isso contribuiu o fraco desempenho do quarto trimestre. Entre outubro e dezembro, a economia recuou 1,2%, o triplo do esperado.

Greece's economy shrank 3 times as much as initially thought in the last quarter of 2016 https://t.co/kh6WhuxCxhpic.twitter.com/ObpFB9sFpl

— Bloomberg (@business) 6 de março de 2017

O primeiro-ministro não comentou os números.

No conselho de ministros, desta segunda-feira, Alexis Tsipras preferiu destacar as previsões deste ano, que apontam para um crescimento de 2,7%, e considera que o país virou a página: “Para este ano, as previsões mostram que a economia grega, após muitos anos de recessão, vai apresentar taxas de crescimento excecionalmente altas, a mais elevada a nível da zona euro. (…) É claro que pouco importa como a forma como prolongam as negociações a nível técnico, não há como voltar atrás. A Grécia já virou a página”.

Em plena discussão com os credores, em relação às medidas que terá de aplicar em 2019, Atenas conta mais uma vez com o turismo para relançar a economia.

Este ano, o país espera receber o número recorde de 27 milhões de turistas. O setor espera ainda que as receitas voltem a aumentar 9% para 14,5 mil milhões de euros, após a forte queda do ano passado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Acordo do Eurogrupo é um compromisso honroso", diz Alexis Tsipras

Grécia: Credores internacionais vão regressar a Atenas

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?