EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Banco Mundial e FMI confiantes, mas prudentes quanto à política de Trump

Banco Mundial e FMI confiantes, mas prudentes quanto à política de Trump
Direitos de autor 
De  Patricia Cardoso com Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Não consta da agenda, mas a política protecionista de Donald Trump domina a reunião de primavera do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington, a pouca distância da Casa…

PUBLICIDADE

Não consta da agenda, mas a política protecionista de Donald Trump domina a reunião de primavera do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington, a pouca distância da Casa Branca.

Jim Young Kim, presidente do Banco Mundial, diz ter sido “encorajado” pelo interesse da administração Trump nas missões do organismo e pelo projeto de atrair dinheiro privado para financiar o desenvolvimento. Quanto à economia, adianta: “Somos encorajados ao ver as fortes perspetivas económicas, após anos de um crescimento económico dececionante. Ainda há muitos riscos negativos, mas os países têm margem fiscal para prosseguir com as reformas estruturais”.

A diretora geral do FMI mostrou-se também confiante sobre a possibilidade de trabalhar com a administração norte-americana.

Christine Lagarde estima que é necessário reduzir as ajudas comerciais que limitam a concorrência, mas adianta que devem ser evitadas medidas protecionistas: “O FMI não é um organismo comercial, mas estamos preocupados com o comércio, porque tem sido um dos principais motores de crescimento. Por isso vamos analisar como participar, como podemos continuar a apoiar o crescimento comercial e o que pode ser feito da forma mais eficaz, mais justa e global possível”.

.Lagarde</a> on US: Have every reason to believe we will cooperate to support and improve global fin system. <a href="https://t.co/bH5xwX00ga">pic.twitter.com/bH5xwX00ga</a></p>&mdash; IMF (IMFNews) 20 de abril de 2017

Talking #trade in the US: OECD’s A_Gurria</a> accepts Champion of Free Trade Award at <a href="https://twitter.com/EconomicClubMN">EconomicClubMNhttps://t.co/qXWErR1BBBpic.twitter.com/D86etTUnYy

— OECD (@OECD) 19 de abril de 2017

Esta semana, o FMI divulgou as novas previsões de crescimento da economia mundial. O desempenho deverá acelerar, este ano, para os 3,5%, graças às economias em vias de desenvolvimento e à Ásia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?

Banco Central Europeu corta taxas de juro em linha com as expetativas do mercado

Riqueza das nações: o fosso cada vez maior entre ricos e pobres na Europa