EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ryanair pressionada por greves de tripulantes e pilotos

Ryanair pressionada por greves de tripulantes e pilotos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em toda a Europa, há várias mobilizações

PUBLICIDADE

Alguns atrasos e perturbações pouco significativas nos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro. A greve de cinco dias de tripulantes de cabine da companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair arrancou esta quarta-feira.

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) fala numa adesão de 70% a 80%. Alguns tripulantes de cabine foram convocados para assegurar os serviços mínimos decretados pelo Governo e em caso de desobediência arriscam "processos disciplinares."

Para a vizinha Espanha, também estão convocados 10 dias de greve (1, 2, 6, 8, 13, 15, 20, 22, 27 e 29) ao longo do próximo mês de setembro. Os tripulantes de cabine decidiram avançar com o protesto depois da falta de um acordo com a empresa.

A Ryanair confirmou o encerramento das bases de Grã Canária e Tenerife sul e ameaçou com o fecho da base de Girona. Exigia, em troca, que os funcionários assinassem as novas condições contratuais.

Na Irlanda, a greve de pilotos prevista para esta quinta e sexta-feira foi entretanto bloqueada pela justiça. O Supremo Tribunal de Dublin deu razão aos advogados da Ryanair que alegaram que a greve foi convocada antes do fim do processo de negociações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Elon Musk obtém apoio dos acionistas para um pacote salarial de 52 mil milhões de euros

China já reagiu a decisão de União Europeia sobre tarifas nos carros elétricos

Eleições europeias: será que a onda de extrema-direita vai pressionar o sector das energias renováveis?