EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Apela a uma resposta global unificada à remoção de minas na conferência de Azerbaijão

Apela a uma resposta global unificada à remoção de minas na conferência de Azerbaijão
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A terceira Conferência Internacional sobre Ação contra as Minas teve lugar em Baku e Zangilan, no Azerbaijão, uma nação que está entre os cinco países mais contaminados com minas a nível mundial.

PUBLICIDADE

Minas e dispositivos explosivos improvisados, especialmente em situações e áreas de conflito armado, continuam a matar e a causar ferimentos em todo o mundo. Estima-se que possam existir até 110 milhões de minas terrestres em mais de 60 países em todo o mundo, com mais 2 a 5 milhões de minas a serem colocadas todos os anos.

Mais de 300 representantes de 75 países reuniram-se para discutir formas de mobilizar recursos financeiros para mitigar o impacto ambiental das minas terrestres e outros resíduos explosivos de guerra.

Hikmet Hajiyev, assistente do presidente do Azerbaijão e chefe do Departamento de Assuntos de Política Externa, disse à Euronews: “O Azerbaijão é um laboratório para a remoção humanitária de minas e ações contra as minas a nível mundial. O Azerbaijão adquiriu conhecimentos e competências específicos e, quando o projeto de remoção de minas do Azerbaijão terminar, o Azerbaijão também terá a capacidade de contribuir para outros projetos de remoção humanitária de minas a nível mundial.”

Partilhe esta notícia