This content is not available in your region

"Wild": Reese Witherspoon no trilho de mais um Óscar

"Wild": Reese Witherspoon no trilho de mais um Óscar
De  Euronews

Reese Witherspoon trilhou um longo caminho desde que se tornou famosa em “Legalmente Loira”, há mais de uma década. Agora a atriz e produtora aposta numa caminhada de um género diferente. “Wild” é baseado na história verídica de Cheryl Strayed que para se reencontrar, depois de uma vida marcada pela morte, drogas e sexo, efetua uma caminhada do México ao Canadá pelo trilho do Pacífico.

Reese Witherspoon, atriz e produtora:

“- O filme explora tantos temas que eu penso que seria muito importante para as pessoas vê-lo. Quer seja a exploração da sexualidade da mulher ou a ideia que não podemos ficar embaraçados ou envergonhados com as experiências que tivemos na vida, que são cumulativas e por isso fazem parte do que nos tornámos.”

Depois da morte da mãe, Cheryl Strayed cai na dependência da heroína e o seu casamento acaba por se afundar. Aos 22 anos, a autora do argumento decide partir sozinha à conquista do Pacific Crest Trail: uma terapia de quase 1800 km.

Para retratar fielmente a história de Cheryl Strayed, Reese Witherspoon foi ousada na interpretação, como explica o realizador, o canadiano Jean-Marc Vallée:

“- Foi fácil, eu não a forcei a não usar maquilhagem ou a não se parecer com nada, a fazer cenas nuas ou cenas de droga completamente nua ou em topless. Fazia parte da história. O filme chama-se Selvagem, não se chama Fácil, nem Divertido, nem Seguro: é Selvagem!”

“Wild” tem a estreia nos cinemas portugueses agendada para o dia 19 de fevereiro.