"Bovary" de Tiago Rodrigues sobe ao palco no Porto

"Bovary" de Tiago Rodrigues sobe ao palco no Porto
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A publicação do romance “Madame Bovary” em 1856 gerou escândalo. Gustave Flaubert, foi julgado por atentado à moral. O processo do escritor francês é

PUBLICIDADE

A publicação do romance “Madame Bovary” em 1856 gerou escândalo. Gustave Flaubert, foi julgado por atentado à moral. O processo do escritor francês é o ponto de partida do espetáculo de Tiago Rodrigues que sobe ao palco, esta semana, na cidade do Porto.

“Quando ele publica em fascículos o romance, é acusado de atentado à moral e à religião e julgado em Paris. Eu descobri esse processo e quando li o processo, vi que os advogados comentavam o romance em voz alta. Comentavam precisamente o que 150 anos depois nos toca ainda hoje: o perigo das palavras de Flaubert”, sublinhou o encenador português.

O trabalho de Tiago Rodrigues tem merecido o aplauso da crítica em Portugal e no estrangeiro.

No último Festival de Teatro de Avignon, em França, o encenador português recebeu várias críticas positivas pela adaptação “de António e Cleópatra” de Shakespeare.

Na peça “Bovary”, o diretor do Teatro Nacional Dona Maria II reflete sobre o poder revolucionário da arte.

“De alguma forma esta peça dá razão ao advogado da acusação que em 1857 dizia: cuidado este romance é perigoso, contamina as pessoas. Há um perigo na arte. Esse perigo é fazer-nos sonhar mais do que aquilo que o quotidiano nos diz que nós podemos sonhar”, explicou o encenador português.

“Bovary” sobe ao palco no Teatro Nacional de São João no Porto de 26 de novembro a 13 de dezembro. Há vários espetáculos de Tiago Rodrigues em digressão pela Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estilista saudita Reem al Kanhal reinventa vestidos árabes tradicionais

Banda sonora da Guerra das Estrelas em 3D

Novas séries de televisão apresentadas no Festival de Monte Carlo