EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Festival de Veneza arranca a 31 de agosto com a exibição do novo filme de Damien Chazelle

Festival de Veneza arranca a 31 de agosto com a exibição do novo filme de Damien Chazelle
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“La La Land” de Damien Chazelle é o filme escolhido para a abertura do Festival Internacional de Cinema de Veneza, a 31 de agosto.

PUBLICIDADE

“La La Land” de Damien Chazelle é o filme escolhido para a abertura do Festival Internacional de Cinema de Veneza, a 31 de agosto. Vinte filmes competem pelo Leão de Ouro.

A nova obra do realizador português Marco Martins é apresentada na secção Orizonti. “São Jorge” é descrito como um olhar sobre a intervenção da troika em Portugal.

Lançado em 1932, o Festival Internacional de Cinema de Veneza é um dos mais antigos do mundo. “Os grandes temas filosóficos e as questões existenciais regressam sempre ao cinema, direta ou indiretamente. Os realizadores distanciam-se da brutalidade da realidade e das notícias diárias. Não é uma forma de escapar ao mundo contemporâneo. É uma forma diferente de refletir sobre o mundo de hoje”, disse o diretor do festival, Alberto Barbera.

“The light between oceans” é outro dos filmes em competição em Veneza. Michael Fassbender e Alicia Vikander incarnam os papéis principais na película realizada por Derek Cianfrance.

Os primeiros dois episódios de “The Young Pope”, a minisérie de Paolo Sorrentino vão ser apresentados fora da competição. Jude Law incarna o papel de Pio XIII.

O festival será também palco de duas homenagens. “Abbas Kiarostami ensinou-nos a ver o cinema, a arte e fotografia de uma forma diferente, que alterou a nossa relação com a sétima arte. Michael Cimino estava a tentar mudar o cinema americano, quando não era impedido de se exprimir livremente”, disse o diretor do festival, Alberto Barbera.

O Festival de Veneza encerra a 10 de setembro com a projeção da longa-metragem “The Magnificent Seven”, de Antoine Fuqua, um remake de uma obra dos anos 60.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Gigantes do "streaming" em mais uma edição do Festival de Veneza

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica