EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ópera em trânsito no metro de Buenos Aires

Ópera em trânsito no metro de Buenos Aires
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Esta poderia ser uma imagem comum, não se passasse ela no átrio principal da estação de metro de Las Heras, em Buenos Aires, Argentina.

PUBLICIDADE

Esta poderia ser uma imagem comum, não se passasse ela no átrio principal da estação de metro de Las Heras, em Buenos Aires, Argentina.

“La Serva Padrona”, de Giovanni Battista Pergolesi, apresentada aos passageiros em trânsito, pela Opera Periférica.

Para o diretor da companhia este ensaio no metro foi uma forma de fazer da ópera tópico de conversa:

“Queremos que a ópera faça parte do quotidiano. Que flua e se mova e faça parte das conversas. Estamos a ver se desta forma o conseguimos”, adianta Pablo Foladori.

La #OperaPeriférica realiza una presentación en el interior de una estación de metro en Buenos Aires, Argentina pic.twitter.com/o3jrRCWyJk

— China Xinhua Español (@XHespanol) 17 de agosto de 2016

Uma surpresa para os passageiros, naturalmente curiosos com esta performance inesperada.

“A primeira reação é de surpresa, depois dão-nos os parabéns. Param para ouvir, ficam encantados com o que está a acontecer. Mesmo que não compreendam tudo, porque aqui não há legendas, como no teatro”, explica Julieta Schena, a intérprete principal feminina.

Esta apresentação faz parte de uma iniciativa da autarquia local, que tem como objetivo aproximar os cidadãos à arte, uma iniciativa bem acolhida pelo público.

“É a primeira vez que vejo algo assim, é fantástico. A música é maravilhosa em qualquer lugar”, diz Teresa Alanis, uma passageira.

Uma forma diferente de começar ou terminar um dia de trabalho para os passageiros que cruzam esta estação de metro em Buenos Aires.

Desde hoy tenemos #ópera en el #subte. Un lujo! https://t.co/YT6gnIveG5

— Hernán Rossi (@rossiucr) 16 de agosto de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O distrito cultural que transforma o espaço artístico de Abu Dhabi

A Gamesummit 2024 prevê competições emocionantes, espetáculos e debates interessantes sobre jogos

"Tudo no Classic Violin Olympus é único!": uma entrevista com Pavel Vernikov