EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

A retrospetiva da obra de Pedro Almodóvar no Moma em Nova Iorque

A retrospetiva da obra de Pedro Almodóvar no Moma em Nova Iorque
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O museu de arte moderna, em Nova Iorque, celebra a obra de Pedro Almodóvar com uma vasta retrospetiva e uma sessão especial dedicada ao seu último filme…

PUBLICIDADE

O museu de arte moderna, em Nova Iorque, celebra a obra de Pedro Almodóvar com uma vasta retrospetiva e uma sessão especial dedicada ao seu último filme, “Julieta”.

“Pedro Almodóvar quebrou os limites durante décadas. Por exemplo, há algo de subversivo na sexualidade das personagens e ele dá uma atenção especial às personagens femininas. Há coisas no cinema que damos por adquiridas, hoje em dia, mas, as primeiras pessoas que começaram a fazê-las foram ousadas e devemos destacar essas pessoas”, afirmou Rajendra Roy, curador do evento.

O realizador espanhol de 67 anos é autor de vinte e duas longas-metragens.

“O museu de arte moderna de Nova Iorque convidou-me, pela primeira vez, em 1984 para apresentar “Que fiz eu para merecer isto?”. Foi nessa altura que o público norte-americano começou a conhecer-me. É muito emocionante voltar aos Estados Unidos trinta anos depois dessa primeira vez e apresentar um novo filme”, afirmou o realizador espanhol.

“Julieta” é a escolha da Espanha para a candidatura ao Óscar de melhor filme estrangeiro.

A retrospetiva sobre a obra de Pedro Almodóvar no museu de arte moderna em Nova Iorque termina a 17 de dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon