This content is not available in your region

Inaugurado estúdio de cinema aquático na Bélgica

euronews_icons_loading
Inaugurado estúdio de cinema aquático na Bélgica
De  Euronews

Foi inaugurado na Bélgica um estúdio de cinema aquático, que inclui um tanque com 24 metros de extensão e nove metros de profundidade, onde a tecnologia ajuda a criar tempestades

O complexo está situado em Vilvoorde, a 10 quilómetros de Bruxelas.

"Abrimos dois cenários secos e um cenário aquático. Este é o cenário mais original do mundo, na minha opinião", defende Wim Michiels, coproprietário do estúdio. 

"O estúdio é, de facto, caro, mas oferece muitas possibilidades: vento, ondulação, ondas de tsunami. Tudo isso reduz o tempo e os custos de produção", destaca a coproprietária Karen Jensen.

A construção do estúdio de cinema aquático, perto de Bruxelas, custou 23 milhões de euros.

A segurança é uma das prioridades, como realça o mergulhador Rudi Clincke: "Se seguirmos as regras, não é perigoso. Cata ator é protegido por um mergulhador. Há também os operadores de câmaras e os assistentes, o que faz com que haja entre 10 a 15 pessoas dentro de água".

O estúdio foi financiado em mais de um milhão de euros por uma agência do governo flamengo, que apoia a inovação das empresas na região da Flandres.

"A empresa tinha 12 empregados e agora tem 24, mas temos de levar em conta que se uma equipa de filmagens vier à Flandres isso tem impacto noutras atividades, dando a oportunidade a outros de tirarem partido disto", sublinha o ministro flamengo Philippe Muyters.

Com um toque num botão podem ser criadas ondas de um metro de altura.

O estúdio pode ainda ser inundado, criando uma superfície aquática de 1250 m2.