EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

O que é que se passa com a nova estátua de cera de Beyoncé em Paris?

Não é Louco de Amor: Qual é a controvérsia sobre a estátua de cera de Beyoncé em Paris?
Não é Loucos de Amor: Qual é a controvérsia sobre a estátua de cera de Beyoncé em Paris? Direitos de autor Musée Grévin - X
Direitos de autor Musée Grévin - X
De  David Mouriquand
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Beyoncé tem agora uma nova estátua de cera no famoso museu parisiense Musée Grévin. Mas não está a correr muito bem...

PUBLICIDADE

Há já algum tempo que os visitantes fazem petições para que o ícone da música estreie a sua estátua no famoso museu de cera de Paris.

Faz sentido: ela é uma das artistas femininas mais célebres da história, com 28 prémios Grammy, e lançou o seu aclamado oitavo álbum de estúdio, "Cowboy Carter", no início deste ano. Estávamos um pouco confusos, mas o consenso está fortemente a favor de Queen B.

E o museu apostou tudo. Vestida com um body dourado, sentada de pernas cruzadas sobre um aro, a escultura realista de Beyoncé levou seis meses a ser concluída pela equipa de criação do Musée Grévin e pelo escultor veterano Claus Velte.

O mais impressionante é que só tiveram de trabalhar exclusivamente a partir de fotografias, pois normalmente as celebridades vêm posar em carne e osso.

"Cada fotografia pode apresentar uma colorimetria diferente, bem como volumes faciais, sorrisos, ausência de sorrisos, cabeças para cima ou para baixo", afirma o comunicado de imprensa do museu.

No entanto, nem toda a gente está impressionada com o resultado final, e não é difícil perceber porquê...

De facto, enquanto Beyoncé será agora admirada pelos 900.000 visitantes anuais do Grévin, a estátua de cera já está a ser alvo de críticas em duas frentes.

Em primeiro lugar, pela "brancura" supostamente excessiva da pele da Beyoncé de cera, um problema que faz lembrar a polémica que envolveu The Rock no ano passado. O ator de Velozes e Furiosos, cujo nome verdadeiro é Dwayne Johnson, chegou a exigir - e conseguir - retoques na sua estátua, que era demasiado clara para o seu gosto.

"Quem é aquela mulher branca?", perguntou um utilizador do X. "Branquearam a Beyoncé", acrescentou outro.

Beyoncé ainda não reagiu, mas o museu lembrou que, consoante o ângulo da fotografia (e a iluminação), a cor pode mudar...

É justo... Mas isso não explica a falta de semelhança com a cantora e o facto de ela parecer uma versão assombrada da boneca Barbie Shakira.

"Esta representação de cera da Beyoncé não se parece absolutamente nada com ela", lamentou um fã no X, enquanto aconselhava o museu a fazer algumas alterações necessárias.

"Não há esforço aqui - parece-se com toda a gente exceto com a Beyoncé. E o seu nariz parece demasiado fino e a sua pele demasiado branca".

Será que Beyoncé vai seguir o exemplo de The Rock e pedir um retoque? Estará o Musée Grévin a perder o jeito?

Aconteça o que acontecer, juntamo-nos à Beyhive e dizemos que não estamos loucamente apaixonados por esta estátua. O que pensam?

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

'A eleição acabou': celebridades reagem à tentativa de assassinato de Donald Trump

Shannen Doherty, atriz de "Beverly Hills, 90210", morre de cancro da mama

Julgamento de Alec Baldwin anulado por ocultação de provas por parte do Ministério Público