This content is not available in your region

A perda da biodiversidade afetará principalmente os seres humanos

euronews_icons_loading
A perda da biodiversidade afetará principalmente os seres humanos
Direitos de autor  euronews
De  Denis Loctier
Tamanho do texto Aa Aa

Os cientistas estimam que cerca de um milhão de espécies terrestres e marinhas podem ser extintas no futuro. Muitas dentro de décadas. Quais são as principais razões para o declínio dos ecossistemas subaquáticos?

Thanos Dailianis, biólogo marinho do Instituto de pesquisa HCMR-IMBBC de Creta, avança com algumas explicações.

Os ecossistemas marinhos estão ameaçados tanto local como globalmente. A nível local, a zona costeira acolhe muitas atividades humanas importantes, como a urbanização, a agricultura, a indústria, claro, e outras atividades que causam formas localizadas de degradação, como, por exemplo, a poluição.Mas, por outro lado, temos fenómenos de grande escala, como o aquecimento global ou a acidificação dos oceanos, que naturalmente se juntam às pressões locais e causam por vezes efeitos descontrolados.

Creta está localizada no Mediterrâneo Oriental que, neste momento, é o lugar mais quente da bacia do Mediterrâneo. Este aspeto, juntamente com a proximidade com o Canal do Suez, torna este lugar muito suscetível a mudanças. Portanto, o que vemos aqui é um aviso precoce de coisas que provavelmente se espalharão para o oeste do Mediterrâneo nos próximos anos. E, claro, estas coisas também acontecem a nível global. O aquecimento global é uma ameaça global e espécies a chegar de outras partes do mundo é uma tendência universal neste momento, por causa desta mudança contínua.

Estamos naturalmente preocupados porque sentimos que é nosso dever preservar esta biodiversidade para as gerações futuras e sentimos que neste momento ela está à beira da degradação. A natureza encontra os seus caminhos e esta riqueza será substituída por outra riqueza. O problema é principalmente para nós, porque construímos as nossas vidas com esta biodiversidade. Portanto, a perda desta biodiversidade afetará principalmente os seres humanos como espécie. Os serviços que nos prestam, a alimentação, o meio ambiente - tudo o que torna a nossa vida agradável de viver.

Nome do jornalista • Denis Loctier