Eslováquia apresenta queixa contra quotas de refugiados ao Tribunal de Justiça da UE

Eslováquia apresenta queixa contra quotas de refugiados ao Tribunal de Justiça da UE
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O primeiro-ministro eslovaco cumpriu a promessa feita há três meses e apresentou, esta quarta-feira, uma queixa no Tribunal de Justiça da União

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro eslovaco cumpriu a promessa feita há três meses e apresentou, esta quarta-feira, uma queixa no Tribunal de Justiça da União Europeia (UE), no Luxemburgo.

O social-democrata Robert Fico contesta, desta forma, a decisão da UE, que data de setembro e foi adotada por maioria qualificada, de distribuir requerentes de asilo entre os Estados-membros com base num sistema de quotas obrigatórias. Algo que esbarrou não só na oposição da Eslováquia, mas também da República Checa, Hungria e Roménia.

Ao abrigo do esquema de distribuição, a Eslováquia é chamada a receber 802 migrantes, mas o primeiro-ministro alega que não tem poder para manter migrantes que pensam partir para países mais ricos como a Alemanha.

De acordo com os últimos dados, até agora recolocou-se um total de 159 pessoas por países europeus.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Poucos eurodeputados com boas notas dos ambientalistas no Pacto Ecológico

UE tenta controlar repercussões do conflito entre Israel e Irão

Macron considera ataque do Irão "desproporcionado," mas pede a Israel para evitar "escalada"