Só a solidariedade salvará a Europa, diz Paulo Sande (Aliança)

Só a solidariedade salvará a Europa, diz Paulo Sande (Aliança)
De  Isabel Marques da Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Só a solidariedade salvará a Europa, diz Paulo Sande (Aliança)

PUBLICIDADE

Portugal vai eleger 21 eurodeputados, a 26 de maio, para novo mandato no Parlamento Europeu, até 2024. A maioria dos cabeças-de-lista dos partidos são caras conhecidas, com experiência de Bruxelas, mas há alguns rostos novos.

Um deles é o professor universitário Paulo Sande, independente que se candidata pelo Aliança, partido criado, recentemente, por um histórico do PSD, Pedro Santana Lopes.

A correspondente da euronews para Assuntos Europeus, Isabel Marques da Silva, falou com Paulo Sande (VEJA VÍDEO) para a primeira de uma série de entrevistas sobre os desafios que Portugal precisa de ajudar a enfrentar no esforço de reforma do projeto europeu, indo ao encontro das preocupações dos cidadãos.

No manifesto eleitoral, o Aliança diz que "o sonho europeu está em vias de se tornar um pesadelo".

Entre as 21 medidas principais que o partido propõe, está uma maior supervisão por parte dos parlamentos nacionais, incluindo um "cartão vermelho" a mostrar às instituições de Bruxelas.

As prioridades políticas, a utilização de fundos comunitários, a gestão da migração e das alterações climáticas, o desafio da digitalização da economia e o impacto do Brexit são os temas em destaque na série de entrevistas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comissão Europeia multa Apple em 1,84 mil milhões de euros por streaming de música

Nicolas Schmit: "Precisamos de uma Europa social"

Nicolas Schmit nomeado cabeça de lista pelos socialistas para as eleições europeias