This content is not available in your region

Projeto europeu tenta eliminar plástico do rio Mosa mas a missão é difícil

De  Aurora Velez  & euronews
Projeto europeu tenta eliminar plástico do rio Mosa mas a missão é difícil
Direitos de autor  euronews   -  

O projeto europeu LIVES visa limpar o rio Mosa, nos Países Baixos, para evitar a contaminação das águas e dos solos com lixo plástico.

“Um dos nossos objetivos era reduzir a quantidade de plástico para metade mas não atingimos esse objetivo. A quantidade de plástico produzida em todo o mundo está a aumentar e sabemos que cerca de 20% do plástico acaba na natureza. Não conseguimos acompanhar a velocidade de produção de plástico no mundo. Não conseguimos tomar medidas de forma tão rápida", afirmou Sylvia Spierts, gestora de projeto europeu LIVES.

O plástico já faz parte dos solos

"As indústrias querem ser parte da solução. Colocam filtros nas instalações industriais, o que é perfeito, porque os resíduos já não entram no rio. Atualmente, o problema passa-se fora das fábricas, o plástico perde-se durante o transporte. Se começa a chover, o plástico é arrastado. Não há filtros para reter o plástico, o que significa que esses resíduos continuam a entrar nos rios", acrescentou a responsável.

"O Mosa é o rio com mais problemas porque o plástico já faz parte do solo. As próximas gerações vão encontrar um solo de plástico. E isso é desastroso. Deveríamos fazer algo porque a natureza vai continuar a existir. Mas será que nós, as pessoas, vamos continuar a fazer parte da natureza? Devemos tratar do problema agora, não devemos esperar", alertou Sylvia Spierts.