This content is not available in your region

Robô chinês já deu passeio em Marte

euronews_icons_loading
Robô chinês já deu passeio em Marte
Direitos de autor  AP/CNSA
Tamanho do texto Aa Aa

Começou a aventura marciana do robô chinês Zhurong. Pela primeira vez desde que chegou à superfície do planeta vermelho, o rover destacou-se da plataforma de aterragem, fez algumas imagens, que enviou, e já deu uma volta, sozinho, pelo solo marciano. Depois dos Estados Unidos, que têm neste momento dos robôs em atividade, o Curiosity e o Perseverance, a China torna-se no segundo país a lançar para o planeta vizinho um destes pequenos veículos, autónomos, que têm a missão de recolher imagens que são depois enviadas para a terra, tal como amostras do solo que são trazidas de volta uma vez terminado o trabalho.

Outra das missões do rover é analisar os gases que são libertados pelas rochas, à procura de possíveis sinais de vida.

Para o robô chinês, não há tempo a perder. Ao contrário dos primos norte-americanos, o Zhurong não vem equipado com uma bateria de plutónio e, por isso, não pode ter uma vida de mais de três meses.