This content is not available in your region

China começa exploração de Marte

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
China começa exploração de Marte
Direitos de autor  AFP

A China já tem um robô em Marte. Aterrou no planeta vermelho um módulo do Programa Espacial Chinês, o que acontece pela primeira vez na história e constitui um avanço significativo nas ambições chinesas em termos de espaço. A sonda Tianwen-1 conseguiu aproveitar a única oportunidade que tinha para tocar no solo marciano, depois de estar em órbita desde fevereiro. O roverZhurong vai depois explorar a superfície do planeta e recolher amostras, em busca de possíveis sinais de vida, isto enquanto os Estados Unidos prosseguem a missão com os vários robôs que a NASA tem no planeta, incluindo o mais recente Perseverance, ajudado pelo mini-helicóptero Ingenuity.

Esta chegada a Marte é o maior passo de sempre do programa espacial chinês, que há cerca de um mês lançou para o espaço o primeiro módulo do que vai ser a Estação Espacial chinesa. Um lançamento rodeado de alguma controvérsia, já que a fuselagem do foguetão acabou por cair na terra de forma descontrolada.