This content is not available in your region

Fórum da Aviação do Futuro em Riad após dois anos difíceis devido à pandemia

De  euronews
euronews_icons_loading
 Fórum da Aviação do Futuro em Riad após dois anos difíceis devido à pandemia
Direitos de autor  euronews

O Ministro dos Transportes da Arábia Saudita abriu o Fórum inaugural da Aviação do Futuro, em Riad. O evento de dois dias reuniu mais de 120 oradores e mais de dois mil participantes – representando a indústria global de aviação.

Este fórum representa uma oportunidade para que líderes e todos os elementos do setor se reúnam para discutir questões comuns sobre os desafios iminentes ou atuais que estamos a enfrentar juntos, para que o setor volte ao normal. Discutindo também as questões de longo prazo, como por exemplo, a sustentabilidade, inovação e o novo avanço tecnológico.
Saleh bin Nasser Al-Jasser
Ministro saudita dos Transportes e Serviços Logísticos

O Fórum da Aviação do Futuro acontece após um ano muito difícil para a indústria pós Covid-19. Uma sondagem recente do YouGov indicou que dois terços das pessoas optaram por não viajar em 2021. A mesma sondagem mostrou que 46% dos residentes do Golfo, 32% dos norte-americanos, 40% dos italianos e 40% dos britânicos acreditam que os regulamentos de saúde confusos os vão impedir de voar em 2022. No Fórum, a Autoridade Geral de Aviação Civil da Arábia Saudita, ou GACA, anunciou a intenção de tornar as viagens menos confusas, para passageiros, transportadoras aéreas e governos.

A política de harmonização de viagens aéreas foi elaborada em cooperação com a Organização de Aviação Civil Internacional da ONU. Será um recurso on-line claro mostrando os requisitos de entrada nos países.

Quando as pessoas estão estressadas ou se existe ansiedade, as pessoas simplesmente não viajam. É preciso pensar no passageiro e no que é preciso para devolver a confiança aos passageiros, para que voltem a viajar.
Jean-Marc Bourreau
Sócio, Consum Aviation

E houve um grande foco na sustentabilidade no Fórum - foi um dos três temas-chave. Empresas e companhias aéres mostraram o seu entusiasmo em investir em inovações para reduzir as emissões de carbono e proteger o meio ambiente.

A aviação não pode depender do passado continuamente, deve olhar para o futuro. A sustentabilidade é uma obrigação - uma obrigação. É preciso continuar o processo de redução das emissões de carbono, com um objetivo claro de um possível índice de descarbonização em 20, 30 anos.
Salvatore Sciacchitano
Presidente do Conselho, Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO)
Combustíveis de aviação sustentáveis são definitivamente o futuro. Fazem parte da solução. São uma grande parte da solução. Mas que tipo de combustível de aviação sustentável? Isso também é algo ainda indefinido.
Henrik Hololei
Diretor Geral para a Mobilidade e Transportes, Comissão Europeia

As grandes ambições da Arábia Saudita

O World Travel and Tourism Council prevê que os lucros de viagens e turismo do Médio Oriente possam chegar a 233 mil milhões de euros este ano. A Estratégia Nacional do Setor de Aviação da Autoridade Geral da Aviação Civil para a Arábia Saudita pretende aumentar as ligações do Reino para 250 destinos, atingindo 330 milhões de passageiros. Medida apresentada juntamente com o anúncio de nova companhia aérea saudita. Grandes ambições, já que a Arábia Saudita procura garantir a sua participação no mercado do turismo em recuperação.

“A estratégia tem metas muito ambiciosas para viabilizar o turismo, para viabilizar também as estratégias nacionais de transporte e logística; e quer triplicar o número de passageiros até 2030", explicou Mohammed Al Khuraisi, Vice-presidente de Estratégia e Inteligência de Negócios, Autoridade Geral de Aviação Civil (GACA). “A forma de fazer isso é aumentando a capacidade; aumentando as nossas operadoras nacionais atuais, convidando mais transportadoras estrangeiras para se ligarem ao reino e lançando uma nova companhia aérea”, concluiu.