Comissão Europeia proíbe TikTok em "smartphones" profissionais

Tiktok
Tiktok Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruxelas justifica decisão com necessidade de proteger dados e reforçar cibersegurança

PUBLICIDADE

A Comissão Europeia anunciou a interdição da aplicação TikTok nos "smartphones" profissionais dos funcionários da instituição.

A decisão foi justificada com a "proteção dos dados da Comissão e o reforço da cibersegurança", mas foi rapidamente criticada pela rede social chinesa.

A Comissão Europeia, como definido no início do mandato, tem um foco bastante forte na cibersegurança, na proteção dos nossos colegas e, claro, de todos os que trabalham aqui na Comissão. E é nesse sentido que tomamos algumas decisões, como a que foi tomada.
Thierry Breton
Comissário Europeu para o Mercado Interno

A rede TikTok, propriedade da chinesa ByteDance, é alvo de uma crescente vigilância por parte do Ocidente devido a receios sobre o acesso de Pequim aos dados dos utilizadores.

A aplicação também foi banida dos telefones oficiais do governo dos Estados Unidos.

A Comissão Europeia pediu aos seus funcionário que têm o TikTok instalado nos "smartphones" pessoais para também a desinstalarem, caso tenham aplicações de uso oficial, como de mensagens eletrónicas ou videoconferência.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mulheres são as principais vítimas do discurso de ódio

Conheça a primeira modelo espanhola de IA

Quem é o "pai" do ChatGPT?