EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Alguns dos trabalhos mais estranhos que pode fazer online

Para alguns trabalhos online só precisa de um computador
Para alguns trabalhos online só precisa de um computador Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Sarah Palmer
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Cansado de trabalhar das 9h às 17h? Eis algumas das alternativas estranhas e maravilhosas com as quais pode ganhar dinheiro. Só precisa de um computador e... talvez de um par de meias.

PUBLICIDADE

Por que deve ficar sentado a uma secretária oito horas por dia quando pode ser pago para ir ao cinema com um estranho que está a pagar à hora para que seja seu amigo?

Aqui estão alguns dos trabalhos mais estranhos com os quais também poderia ganhar a vida no mundo online.

Torne-se um influencer no TikTok filmando cada detalhe da sua vida

Podemos interrogar-nos sobre o que leva alguém a querer saber todos os detalhes do dia de um estranho, desde a sua rotina de cuidados com a pele até como limpa as superfícies da cozinha. Mas a verdade é que o interesse existe e as pessoas estão a capitalizá-lo.

Na verdade, tornou-se uma indústria tão lucrativa que França está agora a ultimar uma “lei do influencer” que regula esse espaço. A autoridade tributária quer ter certeza de que também receberá uma fatia.

Os criadores de conteúdos lifestyle tendem a ganhar dinheiro com publicidade e parcerias pagas. Vão desde “microinfluenciadores”, geralmente considerados como tendo cerca de 10.000 a 50.000 seguidores, que podem ganhar entre 100 euros a 500 euros por post, a “mega influenciadores” (mais de um milhão de seguidores) que podem receber até 10 mil euros por um único post.

Os influenciadores eram muito importantes antes de o TikTok se tornar popular, mas a plataforma de vídeos curtos só impulsionou a procura por conteúdo sobre… bem, basicamente qualquer coisa.

Venda as suas meias sujas e fotos dos seus pés a estranhos

Os fetiches por pés não são um fenómeno que surgiu na Internet, mas o mundo online tornou-o muito mais acessível, juntamente com qualquer outro fetiche que alguém possa ou não gostar.

A Insider noticiou recentemente que uma mulher vende fotografias e vídeos dos seus pés, bem como meias sujas, a clientes que estão dispostos a pagar até 500 euros apenas pelas meias.

Segundo a Insider, a mulher, que já tinha trabalhado na área da hotelaria e num cabeleireiro, descobriu o site “Fun with Feet” durante o bloqueio, quando o trabalho estava a diminuir e não era claro quando as coisas voltariam à normalidade.

Seja pago para ser amigo de alguém

Nos Estados Unidos, a proporção de pessoas que dizem não ter um amigo próximo aumentou de 3% em 1990 para 12% em 2021, de acordo com estudos da Gallup e do Survey Center on American Life.

No mundo online começaram a surgir negócios que exploram as taxas crescentes de solidão global. Por exemplo, em RentAFriend.com, pode ser contratado para se juntar ao seu melhor amigo, que será também o seu patrão, em eventos como reuniões familiares, eventos desportivos ou apenas para sair.

Em sites como este também pode ensinar as pessoas a cozinhar, a falar um novo idioma ou mostrar a alguém a sua cidade.

O RentAFriend.com diz que pode ganhar cerca de 10 euros por hora, mas espera-se que os seus clientes paguem por extras adicionais, como bilhetes para eventos, cafés, refeições e bebidas.

Escreva perfis para aplicações de encontros

Profissionalmente conhecido como escritor fantasma para aplicações de encontro, as responsabilidades vão desde escrever um perfil até gerir uma conversa... até que o seu cliente se sinta pronto para assumir as rédeas.

Não se preocupe, não se espera que você apareça no encontro em si. Mas pode esperar ganhar entre 80 a 100 euros por perfil como ponto de partida.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como é que a tecnologia de IA pode perturbar o futuro mercado de trabalho

A “contratação silenciosa” está a revolucionar o local de trabalho

Qual é o país mais instruído da Europa?