EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Nobel da Física: O mundo dos eletrões revelado por três cientistas

Os três galardoados com o Prémio Nobel da Física
Os três galardoados com o Prémio Nobel da Física Direitos de autor Anders Wiklund/AP
Direitos de autor Anders Wiklund/AP
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Três investigadores foram distinguidos pelos avanços na deslocação de eletrões na unidade de tempo do attossegundo

PUBLICIDADE

Eletrões que se deslocam nos átomos e moléculas a uma velocidade inimaginável, pelo menos até agora. 

Foram os avanços na ordem dos attossegundos, a mais reduzida fração de segundo, que deram a três cientistas o Prémio Nobel da Física: a franco-sueca Anne L'Huillier, o francês Pierre Agostini e o austro-húngaro Ferenc Krausz.

"O Prémio Nobel da Física este ano assenta na ciência numa escala de tempo de attossegundos. O que vemos aqui é a relação do attossegundo com o segundo - que é aproximadamente de um batimento cardíaco. O rácio de um segundo para um attossegundo é o mesmo como se fosse a idade do universo condensada num segundo. Estamos agora num mundo de eletrões", Mats Larsson, do Comité Nobel para a Física. 

A deslocação ou transferência de energia dos eletrões são agora medidas nesta unidade de tempo, através de impulsos de luz ultrarrápidos concebidos pelos três investigadores.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nobel da Literatura atribuído ao norueguês Jon Fosse

Tentativa de assassinato de Trump: desinformação prolifera nas redes sociais

Elon Musk alega que a UE lhe ofereceu um "acordo secreto ilegal"