EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

O Carpet Museum estende o tapete em Baku

O Carpet Museum estende o tapete em Baku
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Existe um edifício em Baku todo enrolado, mas assim que entramos começa a desenrolar os seus segredos.

PUBLICIDADE

Existe um edifício em Baku todo enrolado, mas assim que entramos começa a desenrolar os seus segredos. É o museu do tapete, conhecido como Carpet Museum, o primeiro de género.

Welcome to #Carpet museum #Baku#Azerbaijan#art#history#culture#handmade#architecture#travel#museumdaypic.twitter.com/WKstZmjrmi

— Golden Rock (@ecotraveling1) 18 de mayo de 2017

Os tapetes acompanham os habitantes há séculos – decoraram e protegem as casas.

#carpet#museum#baku#Learning with my crew euronews</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/postcards?src=hash">#postcards</a> <a href="https://t.co/cjG6iyCq4z">pic.twitter.com/cjG6iyCq4z</a></p>— Aurora Velez (goizlyon) 8 de julio de 2017

Alguns elementos-chave sobre o Azerbaijão:

  • Tem como países vizinhos o Irão, a Arménia, a Geórgia e a Rússia
  • A área total é de 86,600 quilómetros quadrados
  • Idiomas: azeri e russo
  • Tem uma população de 9,6 milhões
  • A capital é Baku
  • A esperança média de vida é de 68 anos (homens) e 74 anos (mulheres)
  • Exportações: petróleo e derivados

Neste museu, existem quase 5 mil tapetes em exposição. A luz é discreta e a temperatura estável para evitar a degradação dos pigmentos naturais.

Cada tapete tem a sua história, a sua simbologia. A cachemira é um apelo à vida, à força; e o vermelho significa sorte e energia positiva – utilizado em casamentos.

#Azerbaijan was famous for its #carpets long before it became famous for its #oil Firahnaz Musayeva #Baku#Museumpic.twitter.com/vkYzf0iJ8k

— Aurora Velez (@goizlyon) 31 de julio de 2017

Magic carpets: the art of Faig Ahmed’s melted and pixellated rugs https://t.co/EApW1R6Wzk#Baku#Azerbaijan#carpet

— Dom Thomas (@DomThomas8) 17 de noviembre de 2016

A “Terra do Fogo”, também deixou a sua marca nos tapetes de autores contemporâneos.

#Azerbaijan The land of fire also in #carpet. #Oil is linked to the #history & #art of this country pic.twitter.com/w874NHtjVn

— Aurora Velez (@goizlyon) 8 de julio de 2017

O museu do tapete, em Baku, celebra o 50º aniversário no próximo outono.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A beleza natural e a rota do vinho da península de Pelješac na Croácia

O arquipélago Elafiti é o destino ideal para férias na Croácia

Uma ciclovia de 200 quilómetros no deserto: uma imersão nas dunas do Dubai