EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
Um voluntário ajuda Olga, 79 anos, a descer as escadas do seu apartamento, que foi fortemente danificado por um ataque aéreo russo

Vídeo. Aos 79 anos, Olga despede-se da sua casa destruída por um ataque aéreo russo

Na terça-feira, voluntários da ONG "I Am Saved" auxiliaram uma idosa de 79 anos da aldeia de Lukiantsi, a norte de Kharkiv, depois de uma bomba aérea ter atingido o exterior do prédio onde vivia.

Na terça-feira, voluntários da ONG "I Am Saved" auxiliaram uma idosa de 79 anos da aldeia de Lukiantsi, a norte de Kharkiv, depois de uma bomba aérea ter atingido o exterior do prédio onde vivia.

Olga Faichuk decidiu deixar a aldeia e ir para Kharkiv depois de o seu apartamento ter sofrido graves danos.

"O espelho está partido, a porta está partida, as paredes, todas as janelas e portas estão partidas. É muito difícil viver", disse Olga quando estava a sair.

A bomba partiu as janelas do prédio, matou duas pessoas e feriu quatro. Enquanto descia lentamente as escadas do seu prédio, despediu-se dos seus amigos, todos reformados. "Só restam 10 residentes no prédio", disse ela.

A Rússia está a atacar cada vez mais as aldeias de Kharkiv, depois de intensos ataques contra infra-estruturas civis terem deixado grande parte da região sem eletricidade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O vídeo mais recente

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE