Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

A construção do futuro em debate em Davos

A construção do futuro em debate em Davos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A elite mundial de líderes reúne-se para o Fórum Económico Mundial, em Davos, sob o mote “Reformar o Mundo”. É uma missão ousada que tem atraído líderes políticos e empresariais às montanhas suíças.

Depois de anos de crise económica, em Davos, este ano, debate-se a construção do futuro. Mas os passos rigorosos que estão a ser dados, para revitalizar o crescimento, criam novos riscos. Estes novos desafios estão, também, no centro das atenções.

Os planos de estímulo fiscal têm ajudado a movimentar as economias mas os mais beneficiados têm sido os mais ricos. O Fórum Económico Mundial acredita que o fosso cada vez maior entre ricos e pobres é, em 2014, um dos maiores riscos à estabilidade global:

“A desigualdade de receitas não é apenas uma preocupação para as economias da OCDE. Os países em desenvolvimento e os grandes grupos económicos têm de olhar para esta questão. Acho que o que vai sair daqui é que, tendo já lidado com as questões monetárias que ameaçavam a recuperação global, é preciso agora entrar na natureza da recuperação”, explica Lee Howell, responsável pela organização do Fórum Económico Mundial.

Reavivar a economia mundial, de uma forma mais justa, é uma questão-chave. Mas os críticos de Davos são céticos sobre se, num dos eventos mais elitistas do mundo, se será capaz de debater, mas principalmente de agir, quando se fala de desigualdades.