EUA : Sentimento de injustiça nas comunidades minoritárias

EUA : Sentimento de injustiça nas comunidades minoritárias
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Nial O’Reilly: Junta-se a nós a partir de Washington o nosso correspondente, Stefan Grobe.

Temos visto a violência nas ruas de Ferguson, qual é globalmente o espírito da população nos Estados Unidos?

Stefan Grobe: “Há muitas comunidades como Ferguson, Missouri, neste país. E, claro, o problema subjacente não desaparece tão cedo. E já ouvimos o que disse o presidente Obama, a esse proposito. Há um sentimento de injustiça profundamente enraizado nas comunidades minoritárias. Desconfiança de que a lei é aplicada de forma discriminatória. Coisas como a discriminação racial, o policiamento dos bairros de minorias e assédio policial, por vezes excessivo são percebidos como injusto no sistema de justiça criminal existente. Agora, muitas desta coisas, é claro, são o resultado do legado da discriminação racial neste país e tudo isso atrai o ódio à superfície sempre que se produz um caso como o de Michael Brown em Ferguson, no Missouri. Esta matança.

Nial O’Reilly: “Bem, Stefan, referiu o presidente Obama, ele fez esse discurso ? Qual è a sua leitura?

Stefan Grobe: “Bem, antes de tudo, é muito inabitual que o presidente se tenha manifestado no momento em que a tensão estava muito alta. Como disse o presidente, é preciso que haja uma reformulação das relações raciais no que diz respeito à aplicação da lei. E, é claro , as pessoas precisam estar mais envolvidas na vida da comunidade. Obama sublinhou várias vezes este ponto noite passada, mas as coisas precisam ser tratadas no futuro “.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado

Agentes da autoridade mortos a tiro no Estado de Nova Iorque

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos