Última hora
This content is not available in your region

Espanha desmantela rede de "passadores" de clandestinos sírios

Espanha desmantela rede de "passadores" de clandestinos sírios
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia espanhola desmantelou uma rede internacional de “passadores” que fazia entrar na Europa clandestinos sírios.

Oriundos de classes altas, os sírios pagavam entre 6000 e 10.000 euros, e depois de transitarem pela Ásia e pela América Latina, chegavam a Espanha, França e Alemanha com documentos falsos.

Com este dinheiro, os cidadãos sírios tinha direito aos bilhetes de avião, à estada e ao alojamento nos vários países de trânsito, aos documentos falsos e a múltiplas tentativas de entrada na Europa caso fossem detetados antes.

A polícia apreendeu mais de 70 documentos falsificados, assim registos de contabilidade, dinheiro e material informático.

Na operação, iniciada em abril, foram detidos 18 “passadores”, de várias nacionalidades e liderados por um libanês radicado em Espanha.