Última hora
This content is not available in your region

Mubarak ilibado de acusações de assassinato

Mubarak ilibado de acusações de assassinato
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal egípcio rejeitou as acusações de assassinato contra o presidente deposto Hosni Mubarak.

O ex- chefe de Estado, de 86 anos, foi condenado à prisão perpétua em 2012 por cumplicidade na morte de manifestantes durante a revolta de 2011, mas em janeiro de 2013, um tribunal de apelações anulou a sentença.

O tribunal também absolveu cinco comandantes de segurança máxima – incluindo o ex-ministro do Interior Habib al-Adly – acusado de assassinato de manifestantes.

Mubarak, que sempre negou as acusações cumpre uma sentença de três anos de prisão num hospital militar no Cairo, por corrupção.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.