A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

UEFA proíbe clubes da Crimeia na Rússia

UEFA proíbe clubes da Crimeia na Rússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto Ucrânia e Rússia não se entendem relativamente à Crimeia, as três equipas da região que trocaram o futebol ucraniano pelo futebol terceiro escalão do futebol russo têm competido sem problemas. No entanto esses dias estão a chegar ao fim.

O Comité Executivo da UEFA decidiu proibir os clubes da Crimeia de participar em competições organizadas pela Federação Russa de Futebol.

Gianni Infantino, secretário geral da UEFA, deixou bem claro que o organismo que tutela o futebol europeu não poderá pactuar com a indefinição que se vive atualmente:

“O Comité Executivo da UEFA decidiu proibir os clubes da Crimeia de participar em competições organizadas pela Federação Russa de Futebol (FRF) a partir de 1 de janeiro de 2015 e considerar a região como “zona especial” para questões de futebol, até anúncio em contrário. Por outro lado, a Federação Russa de Futebol não poderá organizar quaisquer competições de futebol na Crimeia sem o consentimento da UEFA e da Federação Ucraniana de Futebol.”

Vitaly Mutko, ministro do desporto russo, não perdeu tempo a criticar a decisão, acusando a UEFA de matar o futebol profissional com uma medida que contradiz os interesses da modalidade.