Última hora
This content is not available in your region

UEFA proíbe clubes da Crimeia na Rússia

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
UEFA proíbe clubes da Crimeia na Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto Ucrânia e Rússia não se entendem relativamente à Crimeia, as três equipas da região que trocaram o futebol ucraniano pelo futebol terceiro escalão do futebol russo têm competido sem problemas. No entanto esses dias estão a chegar ao fim.

O Comité Executivo da UEFA decidiu proibir os clubes da Crimeia de participar em competições organizadas pela Federação Russa de Futebol.

Gianni Infantino, secretário geral da UEFA, deixou bem claro que o organismo que tutela o futebol europeu não poderá pactuar com a indefinição que se vive atualmente:

“O Comité Executivo da UEFA decidiu proibir os clubes da Crimeia de participar em competições organizadas pela Federação Russa de Futebol (FRF) a partir de 1 de janeiro de 2015 e considerar a região como “zona especial” para questões de futebol, até anúncio em contrário. Por outro lado, a Federação Russa de Futebol não poderá organizar quaisquer competições de futebol na Crimeia sem o consentimento da UEFA e da Federação Ucraniana de Futebol.”

Vitaly Mutko, ministro do desporto russo, não perdeu tempo a criticar a decisão, acusando a UEFA de matar o futebol profissional com uma medida que contradiz os interesses da modalidade.