México: identificados restos mortais de um estudante de 19 anos

México: identificados restos mortais de um estudante de 19 anos
De  Lurdes Duro Pereira com AFP/ Reuters/ EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Foram identificados os restos mortais de um dos estudantes dados como desaparecidos, em setembro, no México. A vítima foi identificada como Alexander

PUBLICIDADE

Foram identificados os restos mortais de um dos estudantes dados como desaparecidos, em setembro, no México.

A vítima foi identificada como Alexander Mora Venancio de 19 anos.

Amigos, familiares e cidadãos anónimos prometem manter a pressão já que 42 estudantes continuam por identificar.

A mensagem foi deixada, este fim de semana, na Cidade do México durante uma marcha marcada pela dor e pela determinação.

“Não estamos a chorar pelo Alexander, pelo contrário. Sabemos que o seu desaparecimento ocorreu na flor da revolução para mudar o nosso país. Por isso, onde quer que esteja, sabe que não vamos descansar até que se faça justiça” refere Felipe Cruz, pai de um estudante desaparecido.

Os estudantes que desapareceram a 26 de setembro terão sido entregues pela polícia municipal de Iguala a um gangue de narcotraficantes. A ordem terá sido dada pelo presidente da câmara e pela mulher na tentativa de impedir uma ação de protesto.

Alguns estudantes foram asfixiados, outros abatidos a tiro e os corpos queimados.

Os restos mortais foram encontrados numa lixeira junto ao rio no sul do estado de Guerrero, um dos mais violentos do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ativistas dos direitos dos animais protestam contra touradas no México

Familiares exigem justiça para os desaparecidos no México

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles