Última hora
This content is not available in your region

Uruguai recebe seis detidos de Guantánamo

Uruguai recebe seis detidos de Guantánamo
Tamanho do texto Aa Aa

Seis detidos de Guantánamo – quatro sírios, um palestiniano e um tunisino – foram transferidos da prisão militar norte-americana para o Uruguai.

Esta transferência surge após sete libertações em novembro, depois de o presidente Barack Obama, se ter comprometido a encerrar o centro de detenção antes do final do seu mandato, em janeiro de 2017.

“Aquilo não é uma prisão, é um ninho de sequestro. Uma prisão implica a sujeição a um determinado sistema de direito, à presença de uma acusação, à decisão de um juiz e uma referência mínima de um ponto de vista jurídico. Ali não há nada”, sublinhou, José Mujica, presidente da república do Uruguai.

Em Guantánamo estão ainda mais 136 detidos, sendo que a maioria não foi considerada culpada nem julgada e 66 foram decretados “libertáveis” pelas administrações de George W. Bush e de Barack Obama.