A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Autor de fugas no escândalo LuxLeaks acusado de roubo e lavagem de dinheiro

Autor de fugas no escândalo LuxLeaks acusado de roubo e lavagem de dinheiro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O suposto responsável da fuga de informação no escândalo LuxLeaks foi acusado pela Procuradoria do Luxemburgo de roubo, violação do segredo profissional e lavagem de dinheiro.

Segundo o jornal Luxemburger Wort, trata-se de um francês que trabalhava para a empresa de auditoria PricewaterhouseCoopers no Luxemburgo.

O escândalo abalou o novo presidente da Comissão Europeia, pois Jean-Claude Juncker era o primeiro-ministro luxemburguês quando a administração fiscal do Grande Ducado concluiu centenas de acordos com multinacionais, que lhes permitiram reduzir fortemente a carga tributária.

A acusação formal dá seguimento à queixa apresentada pela empresa de auditoria depois de descobrir o desaparecimento dos documentos usados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação para revelar o caso.