EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Itália: Presos neofascistas suspeitos de planear ataques durante a época de Natal

Itália: Presos neofascistas suspeitos de planear ataques durante a época de Natal
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com LUSA/ITRAI
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A polícia italiana anunciou a prisão de 14 neofascistas suspeitos de planear ataques contra alvos políticos e da magistratura, uma ação que envolvia

PUBLICIDADE

A polícia italiana anunciou a prisão de 14 neofascistas suspeitos de planear ataques contra alvos políticos e da magistratura, uma ação que envolvia uma dezena de assassinos coordenados.

Os detidos pertencem a um grupo de uma organização de extrema-direita banida, a Ordine Nuovo.

Dois anos de investigação, de escutas telefónicas e um polícia infiltrado, revelaram que o grupo começou a armazenar armas e planeava realizar ataques no Natal.

“Existe uma estrutura, a procuradoria nacional anti-máfia, que tem todos os instrumentos e potencialidade para levar a cabo este tipo de ações”, sublinhou Fausto Cardella, procurador-geral de L’Aquila.

O grupo pretendia assassinar responsáveis políticos, fazer explodir a sede da Equitalia, a agência responsável pela cobrança de impostos e atacar esquadras de polícia.

A organização Ordine Nuovo, fundada em 1956 com o objetivo de relançar o fascismo no país, foi acusada de vários ataques nos anos de 1970 tendo sida dissolvida pelo governo italiano em 1973.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Museu italiano recria floresta de borboletas da Tanzânia

Chuvas torrenciais provocam inundações e caos no norte de Itália

Centenas de residentes em Veneza manifestam-se contra “taxa de entrada” para turistas