A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Militares afegãos detidos por causa de ataque a festa de casamento

Militares afegãos detidos por causa de ataque a festa de casamento
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro militares afegãos foram detidos por alegada responsabilidade no disparo de morteiros que mataram cerca de 20 pessoas e feriram outras quatro dezenas, na quarta-feira, numa festa de casamento, no sul do Afeganistão,

Fonte oficial da província de Helmand disse que houve um erro no alvo, já que a operação visava retaliar contra homens armados que atacaram um posto de controlo do exército na mesma zona.

O incidente ocorreu no último dia de 2014, que marcou o fim das operações de combate da NATO no Afeganistão, iniciadas 13 anos antes.

Cabe agora às autoridades locais manterem a segurança, sobretudo o combate aos rebeldes talibãs.

De acordo com as Nações Unidas, os ataques do grupo extremista islâmico causaram, no ano passado, 75 mil vítimas civis, entre mortos e feridos.