Última hora
This content is not available in your region

Entre divisões, Iraque celebra as Forças Armadas

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira com Reuters, APTN
euronews_icons_loading
Entre divisões, Iraque celebra as Forças Armadas
Tamanho do texto Aa Aa

O Iraque celebra o Dia das Forças Armadas, numa altura em que o exército continua profundamente dividido entre sunitas e xiitas.

Vamos ter de racionalizar os nossos recursos, tanto financeiros como materiais. Alguns deles são conhecidos, outros estão abrangidos pelo segredo militar.

A festividade nasceu ainda no tempo de Saddam Hussein. As grandes paradas militares, celebrando a guerra com o Irão nos anos 80, deram lugar a uma cerimónia mais discreta.

“Estamos no início e cheios de esperança de atingir os nossos objetivos graças ao esforço. Vamos ter de racionalizar os nossos recursos, tanto financeiros como materiais. Alguns deles são conhecidos, outros estão abrangidos pelo segredo militar”, disse o ministro da Defesa, Khaled Al-Obeidi.

Além das divisões internas, o principal desafio que o exército iraquiano enfrenta hoje é a luta contra o grupo radical autodenominado Estado Islâmico. A tomada de várias zonas do país por parte dos extremistas fez o exército perder muito material de guerra, recuperado pelo inimigo.