Morto ex-comandante talibã do Estado Islâmico

Morto ex-comandante talibã do Estado Islâmico
De  Ricardo Figueira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Um drone da NATO matou um ex-comandante dos talibãs, agora ligado ao grupo Estado Islâmico.

PUBLICIDADE

Um antigo comandante talibã, alegadamente aliado do grupo armado Estado Islâmico, foi morto por um drone da NATO no Afeganistão.

A polícia da província de Helmand confirmou a morte do “mullah” Abdul Rauf Khadim, que tinha sido libertado de Guantánamo em 2007, antes de se juntar ao grupo armado. Os talibãs estão habitualmente mais ligados à Al-Qaeda.

O “mullah” terá conseguido juntar cerca de 300 homens, na região, para as fileiras do autodenominado Estado Islâmico: “Vamos lançar operações de segurança contra militantes nas áreas afetadas da província de Helmand, para garantir a paz e a estabilidade das pessoas”, garantiu o chefe da polícia local.

A adesão de talibãs ao grupo Estado Islâmico está, por enquanto, limitada ao Paquistão e ao Afeganistão. O grupo está ativo sobretudo na Síria e no Iraque, países onde controla partes importantes do território.

Cerca de uma dezena de antigos comandantes talibãs anunciaram, recentemente, terem-se juntado a este grupo jihadista.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia do Equador detém quase 70 membros de gangue que tentavam controlar hospital

Irão dispara mísseis contra consulado dos EUA em região curda do Iraque

Israel ataca dois campos de refugiados no centro da Faixa de Gaza