Última hora

Cetismo sobre acordo de Minsk reina em Kiev

Cetismo sobre acordo de Minsk reina em Kiev
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Muitos ucranianos demostram grande ceticismo sobre a implementação do acordo de Minsk e sobre se o cessar-fogo será efetivo a longo prazo.

Em Kiev, Yevhen Mahda, analista, não tem dúvidas em afirmar que mesmo os líderes presentes na capital bielorussa estão pouco crentes.

“Sobre o acordo assinado, Acho que mesmo aqueles que o assinaram não acreditam. Isso é confirmado pelas afirmações de Putin, logo depois da cimeira. Em relação às tréguas e à troca de prisioneiros, o acordo tinha que ser assinado. Muito vai depender da posição do ocidente. Vai ser interessante assistir à a reação dos Estados Unidos e ver se eles decidem armar ou não os ucranianos com armas defensivas, diz.

Nas ruas também impera a descrença.

“Acho que não haverá tréguas porque nos cessar-fogos anteriores muita gente morreu. Acho que os separatistas apenas estão numa pause ou coisa parecida”, afirma uma mulher.

“Dúvido, ninguém acredita. Mesmo com Putin a assinar e nós a retirarmos as nossas tropas, quem vai pagar os estragos? alguém tem que pagar”, garante um

“Estes compromissos de Minsk são quase idênticos aos assinados em setembro. No entanto, nessa altura o acordo esta apenas no papel. Existe esperança que desta vez, por causa da participação do líder russo, o acordo vai finalmente funcionar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.