Última hora

Ativista egípcio condenado a cinco de prisão

Ativista egípcio condenado a cinco de prisão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal egípcio condenou à revelia o ativista Alaa Abdel Fattah a cinco anos de prisão por violar uma lei que visa reduzir as manifestações.

Enfraquecido por uma greve de fome, o bloguer que foi uma das figuras líder na revolta de 2011 contra Hosni Mubarak, está hospitalizado desde Janeiro.

Outros vinte e quatro ativistas de esquerda foram condenados a penas que vão de três a quinze anos de prisão.

O bloguer tinha sido condenado em junho a 15 anos de cadeia mas a lei egípcia concedeu-lhe um novo julgamento.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.