EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Rússia/Ucrânia: guerra do gás volta a ensombrar a Europa

Rússia/Ucrânia: guerra do gás volta a ensombrar a Europa
Direitos de autor 
De  Lurdes Duro Pereira com EFE, AFP, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O gigante russo Gazprom está a enviar gás para as regiões de Donetsk e Lugansk, no leste da Ucrânia. A decisão justificada por razões humanitárias

PUBLICIDADE

O gigante russo Gazprom está a enviar gás para as regiões de Donetsk e Lugansk, no leste da Ucrânia.

A decisão justificada por razões humanitárias foi tomada depois de Kiev cortar o fornecimento de gás às autoproclamadas repúblicas separatistas.

Moscovo exigia que o governo ucraniano continuasse a pagar as contas das regiões controladas pelos rebeldes pró-russos e não se conforma.

“Como se não bastasse a fome e a catástrofe humanitária constatada pela OSCE ainda cortam o gás. O que podemos chamar a isso? A mim parece-me um genocídio” afirma o Presidente russo, Vladimir Putin.

Mas a guerra de palavras não fica por aqui. A Rússia ameaça, agora, cortar o fornecimento de gás à Ucrânia se a Naftogaz não liquidar, a tempo e horas, o pagamento relativo ao mês de março. Um corte que a concretizar-se promete afetar vários países europeus.

“Estamos a fazer tudo para manter intacto o pacote de inverno. Estamos, também, a tentar organizar o mais depressa possível um encontro trilateral, ou seja, onde estejam presentes responsáveis ucranianos, russos e da Comissão Europeia” refere o comissário europeu para a Energia, Maros Sefcovic.

A ucraniana Naftogaz acusou, entretanto, a Gazprom de violar o chamado “pacote de inverno” já que dos 114 milhões de metros cúbicos encomendados, da última vez, só recebeu 47 milhões.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia vive primeiro dia de trégua sem baixas

Putin ameaça a Alemanha: Rússia pode fornecer armas para atingir alvos ocidentais

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"