A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Argentina desclassifica documentos do atentado de 1994

Argentina desclassifica documentos do atentado de 1994
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A documentação relativa ao atentado contra um centro judaico em Buenos Aires, que fez 85 mortos e 300 feridos em 1994, foi desclassificada. A decisão do governo argentino surge na sequência da morte do procurador Alberto Nisman, em janeiro. Nisman acusava a presidente Cristina Kirchner de entrave à justiça.