Espanha: Confirmada a descoberta de restos mortais de Cervantes

Espanha: Confirmada a descoberta de restos mortais de Cervantes
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Restos mortais de Miguel de Cervantes, o autor de D. Quixote, foram encontrados na cripta da Igreja das Trinitárias em Madrid. A equipa que procedeu

PUBLICIDADE

Restos mortais de Miguel de Cervantes, o autor de D. Quixote, foram encontrados na cripta da Igreja das Trinitárias em Madrid.

A equipa que procedeu à exumação e análise das ossaturas apresentou as conclusões em conferência de imprensa.

O director forense, Francisco Etxebarria afirmou:
“É possível considerar que entre os fragmentos encontrados na cripta da igreja das Trinitárias se encontrem alguns fragmentos pertencentes a Miguel Cervantes. São muitas as coincidência e não há discrepâncias.”

A descoberta de restos mortais do escritor e da esposa, Catalina de Salazar, já tinha sido divulgada na semana passada pela agência EFE e foi agora confirmada pelos investigadores.

Os restos agora encontrados foram trasladados da antiga igreja das Trinitárias, na primeira metade do século XVII, juntos com a cripta da igreja, na altura da construção do convento e coincidem com a documentação histórica existente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Um arquiteto juntou-se a 17 famílias e nasceu a primera cooperativa de habitação em Madrid

Só em janeiro, Canárias receberam mais migrantes do que na primeira metade de 2023

Vinícius Júnior, jogador do Real Madrid, não conseguiu conter as lágrimas ao falar de racismo