Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Cimeira das Américas: Apesar da polémica Obama e Maduro encontram-se no Panamá

Cimeira das Américas: Apesar da polémica Obama e Maduro encontram-se no Panamá
Tamanho do texto Aa Aa

À margem da Cimeira das Américas Barack Obama teve um breve encontro com Nicolas Maduro.

O Presidente dos Estados Unidos da América e o seu homólogo venezuelano encontraram-se, pela primeira vez, desde que Maduro sucedeu a Hugo Chavez, em abril de 2013.

Durante o encontro Obama terá deixado claro que não pretende ameaçar Caracas. Para Maduro a conversa terá sido sincera:

“Foi um encontro sério e franco. Dissemos a verdade e diria que foi cordial.”

Desde que o Chefe de Estado norte-americano assinou um decreto, que impõe sanções a altos representantes venezuelanos, acusados de não respeitarem os direitos humanos, que as relações, entre os dois países, não são as melhores.

No documento a Venezuela é vista como uma “ameaça” à segurança dos Estados Unidos. Situação que provocou a fúria de Maduro, apoiada por 11 milhões de pessoas que, segundo o Presidente venezuelano, assinaram um abaixo-assinado exigindo a anulação do decreto.