Última hora
This content is not available in your region

Israel expande colonatos em Jerusalém Oriental

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira
Israel expande colonatos em Jerusalém Oriental
Tamanho do texto Aa Aa

Israel continua a expandir os colonatos em Jerusalém Oriental.

O governo abriu concurso público para a construção de 36 casas em Neve Yaakov e 41 em Pisgat Zeev, dois bairros de colonização ao norte de Jerusalém Oriental, onde estão já instalados 63 mil israelitas.

Para o representante da União Europeia, John Gatt-Rutter, esta é uma violação do direito internacional e um sinal de que o governo não está interessado na paz.

Gatt-Rutter lembrou que “a União Europeia tem uma posição muito clara” sobre a construção de colonatos. “Consideramos a construção de colonatos ilegal, à luz do direito internacional, uma ameaça à viabilidade de uma solução de dois Estados. É algo que nos deixa extremamente preocupados. O momento escolhido para esta decisão é particularmente infeliz, pois vem aumentar a desconfiança” – disse o representante da comunidade europeia.

Segundo a organização Paz Agora, esta decisão de Tel Aviv confirma as declarações feitas por Benjamin Netanyahu, que durante a campanha eleitoral afastou a ideia de um Estado palestiniano e afirmou a intenção de prosseguir com a expansão de colonatos, também em Jerusalém Oriental, onde os palestinianos desejam instalar a capital do futuro Estado.

As declarações de Netanyahu foram consideradas na altura um desafio à comunidade internacional e aos Estados Unidos.