EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Cidade de Najran na Arábia Saudita alvo de ataque

Cidade de Najran na Arábia Saudita alvo de ataque
Direitos de autor 
De  Lurdes Duro Pereira com AFP, REUTERS, EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Rebeldes iemenitas lançaram, esta terça-feira, um ataque com morteiros contra a cidade fronteiriça de Najran na Arábia Saudita. Para já não h�

PUBLICIDADE

Rebeldes iemenitas lançaram, esta terça-feira, um ataque com morteiros contra a cidade fronteiriça de Najran na Arábia Saudita.

Para já não há vítimas a registar, mas apenas danos materiais. Vários edifícios – entre eles escolas e hospitais – terão ficado danificados. Por medida de segurança, o aeroporto foi encerrado.

O ataque coincide com o arranque da Cimeira, em Riade, do Conselho de Cooperação do Golfo – que inclui a Arábia Saudita, Omã, Qatar, Kuwait, Bahrein e os Emirados Árabes Unidos. Um encontro que conta pela primeira vez com a presença de um chefe de Estado do ocidente, François Hollande.

Horas antes e na tentativa de neutralizar as milícias xiitas huties a coligação liderada pela Arábia Saudita bombardeou vários aeroportos no Iémen, entre eles o da capital. Uma decisão já criticada pelas Nações Unidas.

Os mais de 150 ataques aéreos atingiram, também, a cidade portuária de Aden, no sul do país, palco de confrontos entre as milícias e as forças leais ao Presidente forçado a abandonar a capital.

A Arábia Saudita lidera a coligação composta por oito países que, no final de março, deu início a uma ofensiva contra os rebeldes huties, apoiados pelo Irão, para impedir que assumissem o controlo do Iémen.

Segundo as Nações Unidas, o conflito no Iémen já provocou mais de mil mortos, a maioria civis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Principais intervenientes do sector das viagens reúnem-se na ITB Berlin 2024

Zelenskyy foi à Arábia Saudita procurar apoio para o plano de paz ucraniano

Soluções para os principais desafios dos mercados de trabalho globais debatidas em Riade