EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

[Atualizado] Nepal: Sismo de 7.3 atinge a Índia e faz 82 mortos

[Atualizado] Nepal: Sismo de 7.3 atinge a Índia e faz 82 mortos
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com LUSA, REUTERS, USGS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A terra voltou a tremer terça-feira. O português Pedro Queirós reportou o abalo meia hora depois desde Katmandu

PUBLICIDADE

Um sismo de 7.3 na escala de Richter que voltou a lançar o pânico terça-feira no Nepal, 17 dias após um outro de 7.8, que fez mais de 8100 mortos. O balanço de vítimas desta última catástrofe continua a agravar-se. De acordo com o ministro do Interior do Nepal, o balanço na sequência do abalo de terça-feira já chegou aos 65 mortos e mais de 1000 feridos.

Na índia, também o ministro do Interior avançou a morte de pelo menos 17 pessoas, 16 delas no Estado de Bihar, no norte do país, junto à fronteira com o Nepal, às quais se juntam quase 80 feridos. A agência de notícias asiática, ANI, cita o ministro-chefe de Bihar, Nitish Kumar, lembrando que a região preparou equipas especiais por causa do sismo de 25 de abril que estzão agora a avaliar o impacto do abalo desta terça-feira.

Here's a video we have just received from redcrosscanada</a> near Dhunche, <a href="https://twitter.com/hashtag/Nepal?src=hash">#Nepal</a>, after today&#39;s <a href="https://twitter.com/hashtag/NepalQuake?src=hash">#NepalQuake</a>. <a href="http://t.co/R82VlU4PLs">pic.twitter.com/R82VlU4PLs</a></p>&mdash; IFRC (Federation) 12 maio 2015

Desta feita, o forte tremor de terra ocorreu por volta das 12h50, em Katmandu — 08h05 manhã em Lisboa. O sismo foi, inclusive, sentido em Nova Deli, capital da Índia, cerca de 800 quilómetros a ocidente da capital nepalesa.

De acordo com a agência geológica norte-americana, o epicentro localizou-se em Namche Bazar, cerca de 83 quilómetros a nordeste da capital nepalesa e a 15 quilómetros de profundidade, nas encostas de Namche Bazar, próximo do campo de base do Monte Evereste.

A agência geológica norte-americana referiu a ocorrência de pelo menos três réplicas cerca de meia hora depois. A mais forte atingiu a escala de 6.3, enquanto as outras duas se fixaram nos 5.6 e 5.3. Três grandes deslizamentos de terra foram também reportados no Nepal.

Ao todo, terão ocorrido desde o forte e trágico abalo de 25 de abril mais de 200 réplicas acima da magnitude 4 na escala de Richter, 36 delas nas 24 horas seguintes ao sismo de 7.3 desta terça-feira.

What #Nepal's national and 8 foreign militaries contributed in response to the #NepalQuake: http://t.co/HKYPEiEkMCpic.twitter.com/TV49tnYpiG

— UN OCHA Asia Pacific (@OCHAAsiaPac) 13 maio 2015

O português Pedro Queirós está em Katmandu com o amigo Lourenço dos Santos desde o trágico sismo de 25 de abril. Pouco depois das 08h30 da manhã, em Lisboa, Pedro reportou pelo Facebook a ocorrência deste novo tremor de terra às 08h47, hora de Lisboa (13h32, em Catmandu) — tinham acabado de sentir-se as réplicas.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)0; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));> @Katmandu, Nepal.A terra tremeu de novo durante algum tempo. A BBC está a falar em 7.4. Estamos bem e seguros no Hotel…

Posted by Pedro Queirós on Terça-feira, 12 de Maio de 2015

The second #NepalQuake on May 12 makes the relief operations even more challenging: https://t.co/mWTY56Rkitpic.twitter.com/slcFTvTVta

— World Food Programme (WFP) <a href="https://twitter.com/WFP/status/598381829805121537">13 maio 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p> <iframe width="606" height="341" src="https://www.youtube.com/embed/UboDaPBXCwg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> <p><div align="center"><a href="https://www.ammado.com/community/154728"><img src="http://www.ifrc.org/Global/Photos/Asia%20Pacific/201504/nepal-donate-464.png"></img></a></div> <p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Nine killed, buildings collapse in fresh Nepal earthquake <a href="http://t.co/a3uMwtPIWG">http://t.co/a3uMwtPIWG</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/earthquake?src=hash">#earthquake</a> <a href="http://t.co/tnc8SKKn1J">pic.twitter.com/tnc8SKKn1J</a></p>&mdash; Reuters India (ReutersIndia) 12 maio 2015

Scenes from Kathmandu after the 7.4 aftershock. Pics: Rumdaleerai</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/NepalEarthquake?src=hash">#NepalEarthquake</a> <a href="http://t.co/OCxR2IKDuB">pic.twitter.com/OCxR2IKDuB</a></p>&mdash; Nepali Times (nepalitimes) 12 maio 2015

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)0; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));> "We dived under tables in the UNICEF building as it rocked from side to side. The shaking seemed to go on and on. We got…

Posted by UNICEF Nepal on Terça-feira, 12 de Maio de 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo terramoto provoca dezenas de mortos no Nepal

Nepal volta a ser abalado por sismo

Mais de 150 mortos após forte sismo registado perto da meia-noite no Nepal