A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Próximos de herdeira da L'Oréal condenados por abuso de confiança

Próximos de herdeira da L'Oréal condenados por abuso de confiança
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O caso de abuso de confiança sobre a mulher mais rica de França chegou ao fim. Pelo menos em primeira instância. O tribunal de Bordéus deu como provada a acusação de que duas pessoas de confiança da herdeira do gigante de cosméticos L’Oréal abusaram da fraqueza de Liliane Bettencourt, atualmente com 92 anos.

François-Marie Banier, fotógrafo e confidente da milionária foi condenado a três anos de prisão, com seis meses de pena suspensa, enquanto o gestor da fortuna de Liliane Bettentourt, Patrice de Maistre, foi condenado à trinta meses de prisão, doze de pena suspensa. Os dois condenados vão apresentar recurso.

O caso tinha também uma implicação política. O ex-ministro conservador, Eric Woerth, foi ilibado das acusações de tráfico de influência e de financiamento oculto da campanha presidencial de Nicolas Sarkozy, em 2007. O antigo presidente chegou a ser ouvido pelo juiz de instrução.