Singapura: polícia mata condutor próximo de conferência onde estava chefe do Pentágono

Singapura: polícia mata condutor próximo de conferência onde estava chefe do Pentágono
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Singapura, o condutor de um veículo foi morto a tiro pela polícia e duas outras pessoas foram detidas, junto do hotel onde decorre uma cimeira

PUBLICIDADE

Em Singapura, o condutor de um veículo foi morto a tiro pela polícia e duas outras pessoas foram detidas, junto do hotel onde decorre uma cimeira oficial na qual participa o secretário da Defesa dos Estados Unidos Ash Carter.

Segundo a polícia de Singapura, o condutor forçou a passagem na barreira policial e a intenção dos disparos era deter o automóvel.

Na conferência de Singapura, o chefe do Pentágono fez coro com o Japão e a Austrália na rejeição das pretensões territoriais de Pequim, que procura expansão através da construção de ilhas artificiais no Mar do Sul da China.

Segundo Ash, a estratégia da China na região está “à margem” das normas internacionais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia alemã disparou contra mulher barricada em quarto de hospital

Zelenskyy na Albânia para cimeira com países do sudeste europeu

501 caixões e 200 sacos com cadáveres encontrados abandonados na Argentina